Melhor que chocolate

26/01/2017

Resenha por Cinthia Basso

A maioria das mulheres tem um prazer absurdo em comer chocolate, ainda mais se ele for de um famoso chocolatier de Paris. Sylvain Marquis sabe disso e usa a seu favor desde que se lembra de aprender a criar o conhecido melhor chocolate francês. Considerado como o melhor chocolatier da cidade, tem orgulho de enfeitiçar as mulheres com um pedaço de seu talento.

Sylvain só não esperava atrair a atenção da bilionária Cade Corey, que está à frente de uma das maiores fábricas de chocolate em massa do mundo. Para ele é simplesmente um insulto que tal magia possa ser reproduzida em larga escala e não disfarça sua antipatia para quem o faz. Cade por outro lado, está convicta de criar uma linha gourmet para sua marca e seu objetivo? Ter o nome Sylvain Marquis estampado nas embalagens.

Começa então um jogo onde para descobrir as receitas mágicas do homem igualmente encantador, vale tudo. Até mesmo invadir sua oficina em plena madrugada em busca de receitas secretas e ingredientes nunca pensados. Mas Cade estava em desvantagem mesmo sem imaginar isso, já que na primeira vez em que invade o local a única coisa em que pensa é comer o delicioso chocolate de Sylvain, que sabe das invasões e que fica cada vez mais interessado na pequena mulher capaz de fazer qualquer coisa por um pedaço seu.

" Ele tinha algo que ela queria desesperadamente. Seu chocolate. Agora ele queria ver se podia usar isso para fazer com que ela o quisesse desesperadamente. "

" A primeira coisa que Sylvain percebeu quando abriu a oficina na manhã seguinte foi que estavam faltando quatro caixas de chocolate. Ele parou, confuso. Ele havia sido o último a sair dali depois do final da aula do dia anterior, e fora o primeiro a voltar, então..."

A autora Laura Florand une tudo o que amamos em apenas um livro: amor, chocolate e Paris. Ela descreve com perícia a bela cidade e ainda nos transporta para a estória como se realmente conhecêssemos a famosa chocolaterie de Sylvain.

É tudo tão envolvente que eu não desgrudei do livro até concluí-lo, foi um dos melhores romances que li. E pra você que está vendo a capa, tenho que admitir que ela não me chamou muita atenção, o que só fortifica a ideia de que não devemos julgar um livro pela capa. Porque Melhor que chocolate foi literalmente maravilhoso e eu leria muitas e muitas vezes.

Quem se interessou pelo livro, basta apenas clicar na imagem a seguir e comprar seu exemplar.