Percy Jackson e os Olimpianos: Mar de Monstros

04/03/2017

Por Natália Chimenez

De volta a pacata vida de Percy Jackson, nesta eletrizante aventura, mais cheia de ação do que o primeiro livro! Voltamos a vida normal do cabeça de alga, que encara sua nova escola, "evitando problemas", seu único amigo é um garoto rejeitado e Percy está sempre ao seu lado (preparem-se para spoilers), como um irmão.

A história é mais profunda e divertida, trazendo à tona vários fatores interessantes, como o fato de que descobre que os limites do acampamento meio sangue estão se esvaindo devido a árvore de Thalia ter sido envenenada, e assim, correndo o risco de serem atacados por monstros e demônios a qualquer momento. Sendo assim, Percy e seus amigos embarcam em uma nova aventura no mar de monstros, que fica (adivinhem onde?), no triangulo das bermudas!

Tudo começa com um sonho em que Percy vê Grover, fugindo de algo e comprando um vestido de noiva:

"A porta mais próxima fora arrombada pela tempestade. A placa acima da vitrine escura dizia: BUTIQUE NUPCIAL DE STO. AGOSTINHO. Grover disparou para dentro. Mergulhou atrás de uma arara cheia de vestidos de noiva. A sombra do monstro passou na frente da loja. Pude sentir o cheiro da coisa - uma combinação nauseante de lã de carneiro molhada, carne podre e aquele esquisitíssimo odor corporal azedo que só os monstros têm, como o de um gambá que comesse apenas comida mexicana. Grover tremia atrás dos vestidos de noiva. A sombra do monstro seguiu em frente. Silêncio, a não ser pela chuva. Grover respirou fundo. Talvez a coisa tivesse ido embora.

Então houve um clarão de relâmpago. Toda a fachada da loja explodiu, e uma voz monstruosa berrou: "MEEEEEEU!"

Em meio a tantos conflitos, nosso cabeça de alga descobre que Tyson que na verdade é um ciclope, é filho de Poseidon, isso o faz questionar se isso na verdade é uma maldição ou não, afinal, tantos problemas, profecias e o descaso de seu pai, apenas o torna ainda mais vulnerável.

É interessante ver o crescimento pessoal dos personagens, os conflitos internos de Percy com seu novo meio irmão e como ele se relaciona com seus amigos, não vou negar que adoro a amizade de Percy e Annabeth, neste livro vemos como apesar de terem sido separados por um ano, a cumplicidade, a intimidade e todas as "ades" que existem ficaram intocadas.

Nessa história vemos a competição acirrada entre Percy e Clarissa, não nego que cheguei a shippar, mas foi apenas por um breve instante! Luke aparece novamente, trazendo discórdia e plantando a semente da dúvida em nossos mocinhos e mocinhas.

Eu gostaria de falar muito mais sobre este livro incrível! Mas, os spoiler acabam por aqui! Esperem por muita ação, Percy sem noção, demorando a compreender as coisas ( como sempre!), soldados zumbis da guerra civil, titio Hermes com seu cetro de cobrinhas falantes! Monstros e mais monstros. Sereias! Lojas de donnuts no meio do mato! E carneiros comedores de gente!

Se você ainda não leu, precisa ler, essa é uma versão teen de Odisséia, recheada de ação, com abordagens as mitologias gregas e muita confusão. Apaixone-se por essa saga, assim como eu!

Leia Percy Jackson e os Olimpianos: O mar de monstros!

Quem se interessou pelo livro, basta apenas clicar na imagem a seguir e comprar seu exemplar.